MÁS NOTICIAS
1 marzo 2024

.

41 anos depois da última digressão ao México: Forcados Lusitanos recordaram os tempos de glória ontem na «Casa das Enguias»


Janeiro de 1982 em Morélia, México, com o célebre matador
Gregório Garcia; e, em baixo, o reencontro de ontem dos
Lusitanos, na «Casa das Enguias», 41 anos depois

Miguel Alvarenga – 41 anos depois da última digressão ao México (Janeiro de 1982), que tive a honra de acompanhar, antigos elementos do recordado grupo de forcados Amadores Lusitanos juntaram-se ontem para celebrar a efeméride e recordar o passado num agradável almoço no Restaurante «Casa das Enguias», na Lançada, um dos mais famosos templos gastronómicos da aficion nacional.

À volta de um fantástico Cozido à Portuguesa, com a assinatura fantástica de Fernanda Barata Gomes, o repasto reuniu o cabo fundador dos Lusitanos, Fernando Hilário; o cabo que lhe sucedeu na chefia do grupo, Francisco Costa Montezo; os antigos elementos do grupo Silvino Bento, Francisco Araújo (Fazé), Paulo Graça e António Manuel Barata Gomes (o anfitrião); os também antigos forcados Gil Mendia (que integrou o grupo de Amadores de Évora e foi também cavaleiro amador) e João Mantas (um histórico dos Amadores de Montemor, que em 2001 pegou na Moita o primeiro toiro da primeira Corrida «Farpas», da ganadaria Caldeira); o conhecido publicitário tomarense Luis Freitas; e ainda Carlos Manuel, estrela eterna do Benfica e da Selecção Nacional, também ele antigo forcado do Aposento da Moita e um grande aficionado; e ainda José Nunes (primeiro da esquerda à mesa, na foto de cima), comentador desportivo da RTP; bem como o autor destas linhas.

Tivemos a oportunidade de recordar esses tempos gloriosos no México e, como me dizia no final o Silvino Bento, «temos mais 41 anos em cima, mas graças a Deus estamos bem e temos imensas histórias para contar».

Na primeira foto de cima, o histórico momento que vivemos nessa digressão em 1982 na praça de Morélia, onde estou ao lado do saudoso crítico João Mascarenhas, com os Lusitanos e o célebre matador de toiros mexicano Gregório Garcia, que nos anos 40 revolucionou o toureio a pé no nosso país e foi um ídolo jamais esquecido de Portugal (já falecido), chegando mesmo a viver, segundo se diz, um tórrido romance com a Diva do Fado Amália Rodrigues.

O nosso fantástico almoço na «Casa das Enguias» teve depois sequência em Alcochete na Cervejaria Marisqueira «Chico Garcia» de António Saiago e João Pedro Bolota (que já nos confidenciou alguns dos seus projectos para as duas corridas que este ano realizará na praça de Tomar, uma em Julho por ocasião das Festas dos Tabuleiros e outra, a de Homenagem aos Emigrantes, no mês de Agosto, cujos elencos estão quase rematados e a seu tempo serão anunciados).

Um dia bem passado com um verdadeiro Grupo de Forcados à antiga!

Fotos M. Alvarenga


Fernando Hilário, o internacional benfiquista Carlos
Manuel e Fazé Araújo


Fernando Hilário, Carlos Manuel, Francisco Costa, Luis Freitas,
Fazé Araújo, Silvino Bento, Paulo Graça e João Mantas


Carlos Manuel, Gil Mendia e os dois cabos dos Lusitanos,
Fernando Hilário e Francisco Costa


«Temos mais 41 anos em cima… mas temos muitas histórias
para contar», como me dizia o Silvo Bento (a meu lado)


E depois, na Cervejaria Marisqueira «Chico Garcia» em Alcochete:
Miguel Alvarenga, Fernando Hilário, Paulo Graça e João P. Bolota

Read Morehttp://farpasblogue.blogspot.com/