MÁS NOTICIAS
Alberto Durán, en Grana y OroBrea de Tajo: los toros de El Estoque y Osborne que se lidiarán el domingo en la Copa ChenelAsí está el campo bravo: menos toros y más caros. – DE SOL Y SOMBRAPablo Hermoso corta cuatro orejas y un rabo en Almoloya de AlquisirasBorja Jiménez inicia temporada: «Quiero entregarme y devolver a la afición todo el cariño que me ha dado este invierno»Paco Velasquez presenta una cuadra de máxima altura para su temporada 2024Uceda Leal, Javier Portal, Román y Álvaro Lorenzo destapan su lado más humano en VillasecaLa peña «Oro y Plata», un bastión de afición taurina en BalearesMartín Morilla presenta en su tierra, Morón, su debut con caballos, que tendrá lugar en Sanlúcar de BarramedaDiego Bastos en solitario en ConstantinaEl lado humano de los toreros en las Jornadas Taurinas de Villaseca de la SagraEl novillero Diego Bastos se encerrará en ConstantinaToiros com Arte lembra: Santo Aleixo (30 de Março) é o próximo ponto de encontro!16 de Março: todos com os Ribeiro Telles na Monumental de Santarém!13 de Abril: cartel de luxo em Santa Eulália no 3º Memorial José Tello Barradas25 de Abril em Alter: imponentes toiros de Vale Sorraia num grande cartel em tarde de homenagem a Raúl Telles de CarvalhoBayona, con ganaderías para su temporadaAmanhã em directo no Canal Extremadura: a novilhada que abre a Feira de OlivençaVem aí o toureiro mais desejado pela aficion portuguesa! Não se fala de outra coisa!La Copa Chenel inicia este sábado en Valdilecha
1 marzo 2024

.

E nós por cá, todos bem?…

Miguel Alvarenga – Estas duas fotos dão conta da importante reunião de empresários tauromáquicos realizada esta semana na Cidade do México, promovida por Pedro Haces Barba e que teve como primordial objectivo a união de todos em defesa da Festa Brava num momento em que as coisas começam a não estar fáceis naquele país e em que se encontra encerrada a Monumental Plaza México, apenas e só a maior e uma das mais emblemáticas praças de toiros do mundo.

Expor os seus pontos de vista, dar a conhecer as suas necessidades e definir acções no âmbito de uma frente comum para defender a Festa Brava face aos ataques probicionistas, cada dia mais assíduos e em diversas frentes, foi o objectivo da convocação feita por Pedro Haces Barba e que conseguiu reunir na capital mexicana todos – sem excepção – os empresários dos vários pontos do país e de todas as praças mexicanas.

Qualquer semelhança entre isto que se passou no México e aquilo que se passa no Portugalzinho das Toiradas é pura coincidência….

Por cá, os (auto-intitulados) empresários tauromáquicos andam a puxar cada qual a brasa à sua sardinha, desavindos uns com os outros, muitos nem se falam e, quando se falam, insultam-se, sempre na mira de lixar o parceiro e acabando por se lixar a eles próprios, enfim…

Lá, fecharam a Plaza México. Cá, semi-encerraram a de Lisboa, reduziram em quatro (e já é uma sorte…) os festejos taurinos do Campo Pequeno, antiga primeira praça de toiros nacional, hoje II Coliseu dos Recreios da capital.

Pergunta-se: alguém se incomodou ou afligiu com isso? Alguém convocou uma reunião a que compareceram, unidos como os mexicanos, os empresários lusos das toiradas?

Depois, queixem-se. Depois chorem. Quando já não houver mesmo nada a fazer …

Fotos D.R.

Read Morehttp://farpasblogue.blogspot.com/