MÁS NOTICIAS
La Real Unión de Criadores de toros de Lidia genera una bolsa de empleoAlbacete, un Ferión: máximas figuras, alternativa de lujo, revelaciones y una ‘monstruo’ en homenaje a su aficiónLa corrida de Samuel Flores de la próxima Feria de Albacete: un cartel de plena justiciaSamuel Navalón, una alternativa de campanillas en Albacete: el cartel de lujo en el que se doctoraráUna corrida ‘monstruo’ como epicentro de la Feria de Albacete: el cartelazo que ha cerrado la empresaOrejas para Alcolado y Pérez en el ecuador de la novillada mixta de HoguerasSiga en directo la novillada de AlbarrealCarteles de las novilladas de promoción de julio en SevillaFallece a los 88 años el ganadero y empresario malagueño José Luis Martín LorcaToros en Telemadrid: las tres interesantes corridas que retransmite en los próximos días y cómo verlasEstos son los carteles de la 37ª edición de las Novilladas de Promoción de Sevilla 2024Jarocho y su alternativa en la Feria de San Antolín de PalenciaFrancisco José Espada, con el claro objetivo en su destino: Las VentasOrden de lidia de los novillos de Albarreal para SevillaJuan de Castilla: «La del domingo en Madrid es una tarde para ir con el cuchillo entre los dientes, pero con la cabeza fría»Las novilladas de promoción 2024 en La Maestranza ya tienen cartelesEl amargo trago de El Cid (y ni una palabra más alta que otra)Gran triunfo en las dos clases prácticas celebradas en AlicanteEspada regresa este domingo a Las VentasLa Feria de Hogueras: pulmón taurino del Levante
21 junio 2024

.

Lamentável: só 6 dos 14 artistas anunciados marcaram presença na apresentação da temporada do Montijo


Na mesa, da esquerda para a direita: o vereador José Manuel
Santos, José L. Zambujeira, José Cáceres, João Anão e o provedor
da Santa Casa, Ilídio Massacote. Em baixo, um aspecto da
assistência, em manhã de casa cheia… a que só faltaram os
toureiros…

13 cavaleiros, 1 matador de toiros, 6 grupos de forcados e 4 ganadarias integrarão as quatro corridas de toiros (podendo ainda realizar-se uma quinta no mês de Agosto, apesar de não anunciada hoje) que compõem a temporada na Monumental do Montijo – foi esta manhã anunciado pela empresa Tertúlia Óbvia numa conferência de imprensa que teve lugar nos corredores da praça de toiros, com as honrosas presenças do provedor da Santa Casa da Misericórdia, Ilídio Massacote, do vereador do Município José Manuel Santos e do presidente da Junta de Freguesia Fernando Caria, tendo o acto sido apresentado por José Cáceres, com a presença na mesa dos empresários José Luis Zambujeira e João Anão Madureira.

Com casa cheia, sobretudo forcados, alguns dos toureiros anunciados (nem todos, infelizmente, como adiante referiremos), dois ganadeiros e alguns apoderados e também empresários, bem como elementos (poucos) da comunicação social, a sessão começou com as intervenções do provedor da Santa Casa (proprietária da praça de toiros) e do vereador da Câmara Municipal, em representação do presidente Nuno Canta, tendo ambos manifestado o inteiro apoio das duas instituições à tauromaquia e em especial ao engrandecimento da mesma no Montijo.

Depois, os dois empresários passaram em revista a passada temporada, primeira do seu reinado, tendo João Anão salientado que foi uma época positiva e de acontecimentos relevantes para a Festa, nomeadamente a corrida de homenagem a Luis Rouxinol pelos seus 35 anos de alternativa; referindo José Luis Zambujeira o significado especial da homenagem que em Setembro se prestou à memória de José Luis Figueiredo, antigo cabo dos Amadores do Montijo.

Sobre a próxima temporada, João Anão perspectivou «mais um ano em grande, procurando eleger a Monumental do Montijo como uma das primeiras praças do país e também uma referência a nível internacional». 

José Luis Zambujeira, por seu turno, considerou que o naipe de toureiros anunciados para 2023 no Montijo é «top ten» e fez especial referência à ausência de António Telles, que no ano passado regressou a esta praça após alguns anos sem ali actuar e que este ano não marca presença em nenhum dos cartéis da temporada (não explicando os motivos desta ausência em 2023).

Já no final da conferência de imprensa foi descerrado o cartaz anunciando as figuras contratadas para a temporada montijense – que são, por ordem alfabética, os cavaleiros Andrés Romero (rejoneador espanhol), Duarte Pinto, Emiliano Gamero (rejoneador mexicano), Francisco Palha, Gilberto Filipe, João Moura, João Moura Caetano, João Moura Jr., João Ribeiro Telles, Luis Rouxinol, Marcos Bastinhas, Mara Pimenta e Rouxinol Jr.; o matador de toiros António João Ferreira; os grupos de forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica do Montijo, Amadores do Montijo, do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, do Ribatejo, de Alcochete e de Cascais; e as ganadarias Veiga Teixeira, Vinhas, Canas Vigouroux e Varela Crujo Herdeiros.

A primeira corrida da temporada é a VII Corrida da Flor, a 13 de Maio, com três cavaleiros (e não seis, como constava): Luis Rouxinol, Gilberto Filipe e Francisco Palha. Lidam-se toiros de Veiga Teixeira e pegam os grupos de forcados do Montijo e de Alcochete.

Segue-se a 3 de Junho a Capeia Arraiana; a 1 de Julho a tradicional corrida das Festas de São Pedro; uma demonstração de toureio a 2 de Julho; a 28 de Julho uma corrida de homenagem ao Maestro João Moura pelos seus 45 anos de alternativa; e a 2 de Setembro a VII Corrida das Tertúlias Montijenses em beneficência da Santa Casa da Misericórdia, que será mista e incluirá a presença de António João Ferreira, único matador anunciado na temporada montijense.

A empresa divulgou unicamente a composição do primeiro cartel da temporada, mas o «Farpas» pode adiantar, embora sem confirmação oficial, os dois seguintes: na corrida das Festas de São Pedro, a 1 de Julho, actuarão os cavaleiros João Ribeiro Telles e Luis Rouxinol Jr. e o rejoneador mexicano Emiliano Gamero; na de homenagem a João Moura (28 de Julho), actuará o Maestro e seu filho João Moura Jr. e Luis Rouxinol e seu filho Luis Rouxinol Jr.; e na Corrida das Tertúlias a 2 de Setembro marcarão presença, entre outros, o rejoneador Andrés Romero (que nesse dia toureia em quatro praças!), João Moura Caetano, Duarte Pinto, Marcos Bastinhas, Mara Pimenta e o matador António João Ferreira (que nesse dia toureia à tarde na Aldeia da Luz e à noite no Montijo).

Pelo meio, também sem confirmação oficial e sem ter sido ontem anunciada, pode ainda realizar-se uma outra corrida no mês de Agosto.

Depois de anunciados os artistas, forcados e ganadarias contratados para a temporada montijense, José Cáceres fez pequenas entrevistas a alguns dos presentes, entre os quais os cavaleiros Luis Rouxinol, Duarte Pinto e Mara Pimenta (que amanhã toma a alternativa em Ameirim), o matador António João Ferreira, os ganadeiros Pedro Canas Vigouroux e Lourenço Vinhas e também aos três cabos de grupos de forcados Nuno Santana (Alcochete), José Pedro Suissas (Montijo) e Luis Carrilho (Tertúlia do Montijo). Ficaram esquecidos Luis Rouxinol Jr. e Andrés Romero, que também marcaram presença…

Dos 13 cavaleiros anunciados, estiveram presentes apenas Luis Rouxinol e Luis Rouxinol Jr., Duarte Pinto, Mara Pimenta e o rejoneador espanhol Andrés Romero – que veio propositadamente de Huelva, manifestando desta forma o inequívoco e louvável respeito que nuestros hermanos têm por estes acontecimentos e pelas praças onde toureiam, ao contrário das figuras nacionais, algumas delas morando «ao lado» e que, lamentavelmente, faltaram à chamada, primando pela injustificada ausência… Marcou presença também o matador de toiros António João Ferreira.

Pelos vistos, tinha toda a razão Luis Mira, secretário-geral da CAP, quando há uns tempos disse numa polémica entrevista que nos dias de hoje e ao contrário do que acontecia noutros tempos, os toureiros não aparecem nos eventos, deixaram de ser figuras públicas…

Gilberto Filipe, a prestar esta manhã provas de Equitação de Trabalho no Vimieiro, justificou a sua ausência através de uma curta intervenção por video. E outro que teve a sua ausência justificada foi o mexicano Emiliano Gamero, neste momento ainda a cumprir temporada n o seu país. Os outros…

Marcaram ainda presença, entre outras figuras do nosso meio tauromáquico, os apoderados (e também empresários) Ricardo Levesinho, Rui Bento, Luis Miguel Pombeiro, Rafael Vilhais, António José Cardoso e Francisco Mendonça Mira.

Representando os principais orgãos de comunicação social taurinos estiveram Miguel Alvarenga («Farpas»), Margarida Calqueiro («Tauronews»), Solange Pinto e João Dinis («Touro e Ouro», infelizmente com o site ainda parado depois do ataque do passado dia 20 de Março) e o repórter fotográfico João Silva («Sol e Sombra»).

No final, foi servido um almoço também nos corredores da Monumental (entradas, bifanas e cerveja), que estreou ontem aos olhares de todos a sua fachada recuperada, pintada e embelezada por iniciativa da Santa Casa da Misericórdia.

Só mais este aparte, para terminar: hoje é Dia das Mentiras, mas só se disseram verdades neste encontro da empresa Tertúlia Óbvia com os aficionados.

Tudo a postos, senhoras e senhores, para mais uma grande temporada na emblemática Monumental do Montijo!

Em baixo, o cartaz geral da temporada e o da primeira corrida, a da Flor, a 13 de Maio.

Fotos M. Alvarenga

Read Morehttp://farpasblogue.blogspot.com/