MÁS NOTICIAS
1 marzo 2024

.

Muito nível e elevada categoria: a entrevista de João Moura Caetano a Manuel Luis Goucha

Miguel Alvarenga – Não me surpreendeu, porque conheço a Família, conheço o João, sei dos valores com que foi educado, sei das referências que guarda de uma juventude passada no Alentejo, principalmente a de seu avô António Moura, de que falou comoventemente com tanto amor e saudade.

Não me surpreendeu, mas aconselho a que se surpreendam aqueles que não o conhecem. A entrevista do cavaleiro João Moura Caetano (40 anos) a Manuel Luis Goucha, terça-feira passada, no programa que tem o nome do próprio apresentador («Goucha») na TVI, é um momento televisivo de alto nível e imensa categoria.

No final daquela que fica na história como a sua mais intensa e triunfal temporada, em que se distinguiu como líder do ranking (escalafón) mundial do toureio equestre com um total de 47 corridas, João Moura Caetano viu-se envolvido na polémica de uma relação com uma estrela televisiva que terminou com acusações e impropérios à sua figura.

João Moura Caetano não foi à TVI limpar ou branquear a sua imagem – pela simples razão de que não precisa minimamente de o fazer. É sobejamente conhecido, acarinhado e admirado no meio tauromáquico, o seu meio, para que alguém de fora o tente agora denegrir com acusações idênticas às que foram feitas a parceiros anteriores. A história da vedeta televisiva parece que é sempre a mesma em diversas versões e com protagonistas diferentes. A de João Moura Caetano é uma história distinta – de vida, de educação e de princípios.

O toureiro fez passar uma imagem que todos sabemos ser a sua – uma imagem de dignidade, de categoria, de nível, mas também de humildade, de homem solidário e bom, que se rege por princípios ditados por seus pais e avós.

Foi ele próprio numa grande entrevista a Manuel Luis Goucha – bem conduzida, oportuna, no tempo próprio. Falou da sua juventude no Alentejo da calmaria, das influências que teve pelo facto de viver desde muito cedo entre cavalos e toiros, ou não fosse filho de um dos maiores Maestros do toureio equestre, Paulo Caetano; lembrou que toureia desde os 9 anos de idade, que sempre teve a preocupação de aperfeiçoar a arte e agradar aos seus fãs; disse ser uma pessoa modesta e simples, que não gosta de mediatismos para além dos que envolvem a sua profissão. 

Nos últimos quinze minutos da entrevista, abordou o tema da separação com Luciana Abreu, respondendo sem pestanejar, com uma dignidade que se aplaude, a todas as questões do entrevistador.

Vale a pena ouvirem toda a entrevista, vale a pena surpreenderem-se: https://tviplayer.iol.pt/programa/goucha/5fe21c220cf2ec6e471a5d6b/video/656f73af0cf23250d71377d9

Não deixem de ver. É um momento importante. Para o João. Para a própria Tauromaquia.

Fotos TVI

Leer máshttp://farpasblogue.blogspot.com/